Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 1

Como muitos sabem, a história de Ryo Akiyama é imprescindível para compreender o universo de Digimon Adventure! Sim, ela é oficial e foi contada em jogos que foram lançados junto com Digimon Adventure e Digimon Adventure 02. Infelizmente nós, que não moramos no japão ficamos meio que boiando nos acontecimentos, até porque algumas coisas NÃO foram explicadas no anime mas ainda bem que a história foi repassada por alguns fãs alguns anos atrás e foi publicada pelo #Alphamon da página “Digimon Adventure Tri Brasil” no facebook.

Nessa primeira parte, vamos dar inicio a história do lendário digiescolhido, que comecou no jogo: Digimon Adventure – Anode & Cathode Tamer.

Mas, apresentações a parte, vamos ao que interessa, a história:


Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido!

Ryo Akiyama é um garoto com 9 anos de idade. Ele vive com seus pais em uma confortável casa. Em 31 de dezembro de 1999, Ryo está diante do computador do seu pai conversando com algumas pessoas sobre o incidente que ocorreu em Agosto desde mesmo ano (1999 – A luta das Crianças Digiescolhidas contra Myotismon) quando ocorre um apagão e a mãe de Ryo pede para que ele verifique a caixa de fusíveis.

No entanto, antes que ele possa cumprir o que lhe foi pedido, Agumon (sim, o Agumon de Taichi) aparece, pedindo para que ele ajude as crianças escolhidas. E é nesse momento que surge um Digivice na sua frente e Agumon pede para que ele toque neste dispositivo. Ryo segura o Digivice que aparece na tela do seu computador, e assim ele é transportado para o Digimundo.

Chegando lá, ele observa que agora se encontra no meio de uma floresta e é confrontado por Agumon, o parceiro do Taichi. Logo depois, Agumon explica que Ryo foi convocado porque um poderoso Digimon chamado Millenniummon capturou as crianças digiescolhidas e está deformando a essência do espaço tempo. Millenniummon inclusive está ressuscitando inimigos que já foram anteriormente derrotados, como Devimon e Myotismon.

Ryo demora um tempo para assimilar tudo que está acontecendo, inclusive ele chega a pensar que ele deve tá em casa dormindo e que tudo aquilo não passa de um pesadelo por ter jogado muito videogame naquele dia. Ele finalmente percebe que tudo aquilo é real, quando ele é atacado por um Kuwagamon.

Assim ele começa sua busca para resgatar os Digiescolhidos e derrotar o Millenniumon e ao longo do caminho, ele faz amizade com uma série de Digimons aliados as crianças digiescolhidas, incluindo Leomon, Andromon, Pixemon e os próprios parceiros dos digiescolhidos.

Ele também encontra vilões que foram derrotados pelas crianças digiescolhidas na série classica “Adventure”, como Devimon, Etemon, Myotismon e o Mestre das trevas Piedmon. Ao avançar na história do game, ele encontra Gennai e este explica a origem de tudo, de como Milleniummon nasceu.

MugenDramon, um dos Mestres das Trevas, ao ser “destruído” por WarGreymon, se viu na necessidade de se fundir com um Chimeramon para poder sobreviver, formando assim Millenniumon, a personificação do Y2K*. A sua mera existência causa alterações no continuo espaço-tempo, o que faz com que muitos inimigos derrotados voltem a viver.

Depois de uma batalha feroz, Ryo e seus companheiros Digimon são capazes de derrotar o vilão e salvar Taichi e os demais. Com a derrota de Millenniumon, o tempo volta a sua normalidade, e tudo o ocorrido é apagado da mente dos escolhidos e dos seus Digimon (por isso que nenhum deles sabem que passaram por isso). Ryo volta a sua casa justo para a cena do Ano Novo, e recebe o Milênio com sua família.


Joe ChibiNotas do Joe: Para aqueles que não sabem, Y2K é como ficou popularmente conhecido em 1999 o chamado “Bug do Milênio“, se tiverem maiores duvidas, é só jogar no Google “Y2K” ou “Bug do Millenium”.


Essa história ainda continua, tem muita coisa pra contar, mas ficarão para próximos contos da Sora, aguardem.

Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 2

 Contos da Sora:

10 thoughts on “Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 1

  1. Victor says:

    Como o MugenDramon se fundiu com o Chimeramon nesse ano (1999) se o mesmo só aparece anos depois no digimon adventure 2 e é criado pelo imperador?

    • Trouas says:

      Kimeramon não foi criado pelo Imperador. Kimeramon já havia existido no passado, o imperador só recriou ele. Até como comentamos no final, será que ele não recriou o Kimeramon, influenciado pelas sementes do Milleniumon?

  2. Fernando says:

    Como isso explica o fato de Myotismon ter voltado no Digimon 02 ? No próprio anime ele explica que entrou no corpo de Yokio Oikawa quando foi derrotado na forma de Venom Myotismon ,como então o Milleniumon teria ”ressuscitado” ele logo após sua derrota ? Não vejo sentido.

    • Trouas says:

      Na verdade não vejo muito sentido no seu questionamento. Myotismon é um Digimon e como tal, não existe somente um dele, existem muitos! E Ryo enfrentou um. Millenniumon é um digimon que distorce o tempo e espaço a seu bel prazer. Tudo isso se passou em um tempo diferente, que foi apagado após a derrota de Millenniumon, como foi explicado no final da história.

  3. Pingback: Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 4 (final) – ADVDMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *