Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 4 (final)

Como muitos sabem, a história de Ryo Akiyama é imprescindível para compreender o universo de Digimon Adventure! Sim, ela é oficial e foi contada em jogos que foram lançados junto com Digimon Adventure e Digimon Adventure 02. Infelizmente nós, que não moramos no japão ficamos meio que boiando nos acontecimentos, até porque algumas coisas NÃO foram explicadas no anime mas ainda bem que a história foi repassada por alguns fãs alguns anos atrás e foi publicada pelo #Alphamon da página “Digimon Adventure Tri Brasil” no facebook.

Nessa segunda parte, vamos continuar a história do lendário digiescolhido, ela continua no jogo: Digimon Tamers: Brave Tamer.

Mas, apresentações a parte, vamos ao que interessa, a história:


Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido!

Após a explosão Ryo acorda, sem lembrar nada de seu passado. Monodramon se aproxima e o conduz até o lugar onde ENIAC se encontra. Ryo está agora no Mundo Digital Original, onde todos os demais Mundos Digitais, de todos os universos paralelos existentes, têm origem.

ENIAC revela que todos os Mundos Digitais foram criados pelo computador ATANASOFF, o primeiro projeto de Mundo Digital foi ativado por volta de 1940 através do apoio de ENIAC (o segundo computador a ser ativado), e que os Mundos Digitais divergiram em outras realidades paralelas.

ENIAC também informa a Ryo que depois da explosão, ele foi parar de alguma forma no passado. Só que a explosão não matou o ZeedMillenniumon, mas sim o jogou para o futuro!

Além disso o monstro se estabeleceu como governante absoluto, e agora tenta destruir ENIAC. Se ele conseguir, será a destruição de todos os DigiMundos existentes e Ryo precisa lutar para evitar isto. Só assim ele poderá recuperar a sua memória.

ENIAC concede Monodramon como seu parceiro (finalmente ele ganha um oficial). Enquanto isso, ZeedMillenniumon começa a enviar Digimons sintéticos ao passado, onde Ryo (que também começa a visitar mundos paralelos, no esforço para recuperar sua memória) deve enfrentá-los.

Ryo começa a viajar pelos Mundos Digitais paralelos e ZeedMillenniumon, ao ver que seus planos falharam, envia dois de seus mais poderosos generais: Lampmon e Zanbamon. Mas esses são derrotados por Ryo.

Finalmente, ZeedMillenniumon joga sua ultima carta: envia um BlackWarGreymon… que também é derrotado. Após mais uma derrota, Zeed se irrita e decide enviar clones de alguns digiescolhidos que ele possuía em uma incubadora.

Ryo então agora se depara com um clone do Tai, do Davis e de Takato, mas ZeedMillenniumon envia o clone de Ken, como Imperador Digimon para desestabiliza-lo.

Ryo precisa lutar contra ele, e isto se torna muito difícil, pelo fato dele ser Ken, o seu melhor amigo. Mas finalmente ele não deixa que os seus sentimentos o atrapalhem e o derrota, percebendo então que ele era somente era um clone digital.

Enquanto Ryo lutava contra o clone de Ken e o derrotava, os clones de Tai, Davis e Takato chegam primeiro a ENIAC e o desativam.

ENIAC antes de se apagar então revela a Ryo que ZeedMillenniumon enviou todos esses clones fazendo ele acreditar que eram os escolhidos e domadores originais com objetivo que eles destruíssem ATANASOFF (o computador que deu origem Mundo Digital).

ATANASOFF é quem está impedindo o ZeedMillenniumon de viajar ao passado. Os clones foram enviados para destruir ATANASOFF, porém, são detidos e destruídos antes por Ryo.

Utilizando seus poderes ATANASOFF envia Ryo com Monodramon ao futuro, para lutar contra ZeedMillenniumon e dar fim a esta guerra de uma vez por todas. Entretanto, quando Ryo chega, ZeedMillenniumon diz que já estava esperando que o seu amado voltasse (a frase exata é: “Yatsu ga kita no da… ware no koibito ga na”).

ZeedMillenniumon faz Ryo se lembrar que eles estão atados pela eternidade, condenados a lutar em uma batalha sem sentido através dos tempos; Além do mais, ele (Zeedmillenniumon) só existe para satisfazer desejo de vingança de Mugendramon, o Mestre das Trevas, este sim é o verdadeiro parceiro de Ryo.

Entretanto, Ryo agora tem como parceiro o Monodramon, e nada disso mais tem sentido… foi então que Monodramon percebe que aquilo nunca terá fim e decide sacrificar a sua vida para salvar a de Ryo.

Nesse momento, Monodramon força uma evolução Jogress com ZeedMillenniumon. Ambos (Monodramon e ZeedMillenniumon) se fundem, e Ryo fica com um Digiovo nas mãos.

Todos em ENIAC agradecem a Ryo por ele ter salvo todos os Mundos. Ryo é condecorado como o DOMADOR LENDÁRIO (Legendary Tamer)

É dado a Ryo duas possibilidades: ou voltar ao seu Mundo de origem (Adventure) ou ir para o Mundo de Tamers. Ryo, sem explicar o motivo escolhe ir para o mundo de Tamers.

Ryo se despede e entra no portal, rumo a uma nova vida!

UM TEMPO DEPOIS…

Kyushuu, Japão. O ano é 2002, onde trabalha uma organização chamada Hypnos encarregada de deter os Digimon Selvagens. Neste mundo o jogo de cartas Digimon é popular, nele vive uma criança de 10 anos chamado Takato Matsuda. É a este mundo que Ryo chega.

Ryo é adotado, e em pouco tempo se torna o melhor jogador de cartas que existe, inclusive derrotando a Rainha Digimon, Ruki Makino. Porém, ele sente que aquele não é seu lugar, então decide ir ao Mundo Digital, onde passa nove meses. Durante esse tempo, o digiovo que ele carregava choca, e Ketomon nasce.

Em pouco tempo Ketomon evolui até o nível perfeito, Cyberdramon, o qual Ryo deve domar o seu lado selvagem (lembrem-se que ele é metade “o Antigo Monodramon” e metade “o selvagem Millenniumon” em sua essência).

Após um tempo Ryo encontra Takato e os outros, e é nesse ponto que sua historia e a de Digimon Tamers se tornam uma só.


Agora vamos a algumas “Curiosidades do TK” para fechar esse grande universo de Ryo Akiyama, o lendário domador!


Curiosidade 01: Mugendramon era o Digimon que estava destinado a ser parceiro de Ryo a princípio. Entretanto, como Ryo foi ao Mundo Digital tarde demais (Igual o que aconteceu com a Hikari e a Tailmon) se passaram vários anos em relação ao tempo aqui na terra, devido ao vírus do Apocalymon, ele acabou crescendo sem rumo e se tornou um Digimon maléfico, se transformou em Mugendramon e virou um dos 4 Mestres das Trevas.

Curiosidade 02: Milleniunmon é a fusão de Kimeramon (não é o mesmo de 02) e Mugedramon, que depois de ser derrotado por Tai e Wargreymon, se negou a morrer e se fundiu com Kimeramon para sobreviver.

Curiosidade 03: Mugendramon conseguiu sobreviver depois da derrota de Wargreymon devido ao YK2* que afetou o Mundo Digital e por isso os seus dados conseguiram vagar na rede e se fundirem com Kimeramon. (*YK2 = Bug do milênio).

Curiosidade 04: ENIAC aproveitou a ida de Ryo ao passado e aproveitou para copiar o seu modelo e criou uma forma humana para Gennai baseada em seus dados. Ou seja, Gennai é uma inspiração em Ryo, mas ambos são criaturas distintas.

Curiosidade 05: Os Digimentals não teriam sido capaz de serem usados se não fosse pelos eventos ocorridos em Tag Tamers, onde Ken e Ryo fazem uma vasta pesquisa pelo Mundo Digital e conseguiram reconstruir todos os Digimentals. Os Quatro Animais Sagrados, em seguida, escolheram alguns deles para serem utilizado pela Crianças Escolhidas nas batalhas em Digimon Adventure 02.


Se deseja ler novamente as primeiras partes, pode acessar clicando abaixo:

Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 1

Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 2

Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 3


Contos da Sora:

5 thoughts on “Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 4 (final)

  1. João Dalton Martins says:

    Isso me fez pensar se o Kimeramon criado pelo imperador tinha alguma influência do Millenniumon, pelo que eu lembro, o Kimeramon criado pelo imperador se rebelou contra ele, como se tivesse uma personalidade própria e bem assombrosa por sinal XD
    E tem mais: Esse mesmo Kimeramon foi derrotado justamente pelo digimental do milagre, o digimental do brasão do Ryo, isso me faz crer com mais firmeza que aquele Kimeramon tinha algo do Millenniumon. Não poderia ser Millenniumon, já que ele estava selado em Monodramon, mas acredito que a semente das trevas (fragmento de Millenniumon) em Ken possa ter originado esse Kimeramon com a personalidade de Millenniumon.

  2. Pingback: Ryo Akiyama, o lendário digiescolhido – Parte 3 – ADVDMO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *